Como manter uma dieta equilibrada e ainda perder peso com saúde?

Data de publicação: 31/03/2019 00:00:00
Categoria: Alimentação e Nutrição

A nutrição e saúde são áreas diretamente relacionadas. Uma alimentação balanceada, rica em alimentos in natura, acompanhada pelo consumo regular de água, é um dos segredos para manter uma vida mais saudável. Por isso, no dia 31 de março, comemora-se o Dia Nacional da Saúde e da Nutrição.

Você sabe como manter uma dieta equilibrada, ou como perder peso sem prejudicar a saúde? Conheça truques e dicas de nutrição para fazer melhores escolhas no dia a dia.

A pizzas congeladas estão no topo da lista de alimentos não recomendados. Porém, quando feita em casa, com ingredientes frescos, até a pizza pode ser saudável.

Optar por recheios com legumes e carnes magras, como frango, além de massas integrais pode fazer com que o famoso prato italiano caiba em uma dieta saudável.

O cérebro demora pelo menos 20 minutos para perceber que já está satisfeito e que não é necessário continuar comendo. Por isso, comer devagar e mastigar bem os alimentos faz bem à saúde. Pessoas que comem rápido tem 115% mais chances de serem obesas que aquelas que comem devagar.

Comer ovos no café da manhã pode ajudar a manter uma dieta mais balanceada. Além de ser nutritivo, o ovo promove saciedade. Estudos mostram que pessoas que comem ovos na primeira refeição do dia tendem a ter menos apetite e consumir menos calorias nas 36h seguintes.

A água mantém o corpo hidratado e em bom funcionamento, e faz com que o organismo queime mais calorias, o que ajuda com o emagrecimento. Além disso, ingerir água meia hora antes das refeições reduz o apetite e previne o consumo de calorias indesejadas.

Assar, cozinhar e refogar alimentos são formas mais saudáveis de preparo que frituras, por exemplo. Além de tornar a comida mais calórica, o processo de fritura pode colaborar para o desenvolvimento de substâncias tóxicas para o organismo.

Caso a escolha seja realmente fritar os alimentos, é possível melhorar a qualidade do resultado final optando por panelas que fritam sem gordura, evitando a utilização de óleo.

Iniciar a refeição comendo saladas e vegetais pode ser uma boa estratégia para perder peso e deixar a alimentação mais saudável. Além de garantir que alimentos saudáveis serão consumidos, a saciedade que eles proporcionam colabora para que outros pratos mais calóricos sejam ingeridos em menor quantidade.

Além disso, comer vegetais antes de carboidratos ajuda a diminuir a velocidade com que os carboidratos se tornam açúcar no sangue, contribuindo para o controle de doenças como a diabetes, por exemplo.

Frutas são alimentos saudáveis, ricas em fibras, vitaminas e antioxidantes. Comê-las contribui para uma boa digestão, além de garantir que os açúcares presentes nelas cheguem ao sangue devagar. Porém, o consumo de frutas por meio de sucos, ainda que naturais, pode aumentar o consumo de calorias diário, além de aumentar a velocidade com que o açúcar chega ao sangue.

Alimentos diet podem causar confusão e até mesmo aumentar o número de calorias ingeridas. Isso acontece porque alguns produtos substituem a gordura por outros ingredientes, como açúcar, por exemplo. É importante ter cuidado ao ler as embalagens, e é melhor dar preferência a alimentos não industrializados.

Até mesmo alimentos saudáveis, quando consumidos em excesso, podem levar ao excesso de peso e a um desequilíbrio na dieta. Por isso, prefira pratos menores ao se servir. Em pratos grandes as porções parecem menores e, por isso, é mais fácil servir mais que o necessário.

O café oferece muitos benefícios à saúde. Seu consumo pode reduzir o risco de doenças como diabetes e doenças degenerativas, além de ter propriedades antioxidantes. Porém, o café misturado a ingredientes como açúcar, adoçantes, xaropes e cremes, é uma fonte de calorias indesejadas e acaba perdendo suas propriedades iniciais. Por isso, é recomendado consumir o café preto, sem açúcar.

Fontes

Tradutora e redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor técnico: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: