Uma mesa repleta de alimentos ricos em carboidratos simples e complexos, como pães, bananas, cereais e afins, com os dizeres: Carboidratos: principal fonte de energia para o corpo

Carboidratos: principal fonte de energia para o corpo

Data de publicação: 27/05/2019 11:23:00
Categoria: Alimentação e Nutrição
Os carboidratos são uma das principais fontes de energia para o corpo humano. Antes de cortá-lo da dieta, com medo de ganhar peso, é importante saber que eles contribuem para a performance do corpo, e que a alimentação com carboidratos saudáveis pode ajudar a prevenir doenças e o ganho de peso.

De acordo com as Diretrizes Dietéticas para os Americanos do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, 45 a 65% das calorias consumidas diariamente devem vir dos carboidratos – preferencialmente de grãos integrais e carboidratos complexos.

Os carboidratos são divididos entre simples e complexos. Os primeiros, que são os açúcares, são absorvidos mais rapidamente pelo corpo. Enquanto isso, os complexos são compostos por amido e fibras – parte dos alimentos que não pode ser digerida pelo corpo humano.

Ambos são macronutrientes que fornecem energia para o funcionamento do organismo, atendendo às demandas imediatas. A glicose presente neles é o que mantém o funcionamento de órgãos como o cérebro e os músculos.

Com estrutura molecular pequena, os carboidratos simples são quebrados mais rapidamente no organismo e podem causar picos de açúcar no sangue, além de conterem menos nutrientes que os carboidratos complexos – já que costumam ser pobres em vitaminas, minerais e fibras –, e estarem associados ao ganho de peso.

A exceção encontra-se na frutose e na lactose, que são carboidratos simples encontrados nas frutas, que contém fibras dietéticas saudáveis, e no leite e seus derivados, que são nutritivos.

Enquanto os carboidratos simples são digeridos mais rápido e suprem a necessidade imediata do corpo por energia, os complexos demoram mais a se decompor no organismo, mantendo estabilidade no fornecimento de energia e nos níveis de açúcar no sangue.

Além disso, esse segundo tipo de carboidrato é a principal fonte de fibras do organismo, que ajuda a reduzir os riscos de doença coronariana, acidente vascular cerebral, diabetes tipo 2 e câncer colorretal.

Os grãos integrais não processados, como aveia, trigo, e quinoa são as principais fontes de carboidratos complexos. Produtos feitos com esses grãos, como pães e massas integrais também estão na lista, junto a arroz integral, legumes, feijão, lentilhas e ervilhas.

Além das frutas e alimentos derivados do leite, que são opções saudáveis de carboidratos simples, outras fontes de carboidratos simples são os pães brancos, doces, bebidas e sucos de fruta.

Privar o corpo de carboidratos significa excluir nutrientes importantes da alimentação, provocando deficiência de nutrição e constipação. Alimentos fontes de carboidratos como grãos integrais, laticínios e fruta, contêm valiosas vitaminas, minerais e fibras que o corpo precisa para funcionar em seu melhor.

Moderação é a palavra chave para qualquer dieta. Os carboidratos simples devem ser apenas uma pequena parte da alimentação, mas isso não quer dizer a proibição de frutas, doces, sucos e outras fontes desse nutriente.

Da mesma forma, os carboidratos complexos devem ser combinados às fontes de proteínas, vitaminas e outros tipos de nutrientes, tornando a dieta mais diversa e eficiente para atender as demandas do corpo. Manter uma alimentação balanceada pode até mesmo aumentar a expectativa de vida, de acordo com um estudo publicado na The Lancet.

De acordo com a pesquisa, a expectativa média de vida dos participantes que comiam carboidratos moderadamente (50% a 55% de calorias de carboidratos) era quatro anos mais longa que daqueles que obtinham menos de 40% de suas calorias de carboidratos, e um ano mais longa que daqueles que comiam muito carboidrato.

Fonte:
Tradutora e redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor técnico: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: